UseCash StartupFarm – Nosso dia a dia no programa de aceleração

Olá Pessoal,

Hoje em mais um post sobre o que aprendemos no programa de aceleração da StartupFarm, vou falar como era o nosso dia a dia durante as 5 semanas do primeiro módulo do programa. Lembrando que o programa tem a duração de 6 meses. Estamos agora na Fase 2.

Como era o nosso dia a dia ?

Para começar era muito louco, realmente não tinha como saber como ia ser o nosso dia, o máximo  o conteúdo, mentorias e pronto. Porém, isso era o suficiente para deixar sua cabeça a mil sobre o assunto da semana. E cada semana  era um assunto muito específico por exemplo: PROBLEMA, PROPOSTA DE VALOR, PRECIFICAÇÃO, MODELO DE NEGÓCIO etc.

Era muito pouco tempo de forma proposital para validar  se já tínhamos a resposta para o assunto da semana ou se o que tínhamos era de fato de verdade.

Na UseCash por exemplo na semana  “problema” descobrimos que o problema que achávamos que levava a contratação era o que tínhamos definido, mas na verdade o cliente contratava a gente porque nós resolvíamos outro problema e isso mudou toda a nossa forma de posicionamento e como se apresentar para os clientes, e que até está gerando  mudanças gigantesca que teremos que fazer no nosso site.

A dica é vem para aceleração?

Prepare-se bem, o seu dia vai passar rápido, terá uma imersão muito forte e desenvolver o skill de fazer ontem, validar pra ontem e já querer saber se ta errado o mais rápido possível. Todos nós que estamos nesse mundo de startup sabe disso, mas uma coisa é você saber outra é fazer  de forma natural. E isso acaba entrando no sangue na aceleração porque no final da semana precisamos apresentar e entregar os resultados na banca. Ah, a banca não tem piedade, são realidades, você apanha bastante é um momento importante de reflexão, levantar, ajustar e voltar para o jogo. Cada banca é uma evolução de cada time.

Se tem a startup rodando e com cliente, se organize e não venha com a desculpa que não tem como participar porque a startup precisa de você na operação terá que se virar e se dedicar 100% ao programa, do contrário seu resultado será meia boca e quem perde é você. Eu mudei minha agenda, chegava  em casa por volta das 21 – 22hrs e reserva 2hrs para verificar o dia da empresa. Acordava 1hr mais cedo para terminar as tarefas que tinha. Fazia uma call com o meu sócio quando me deslocava para aceleradora. E no horário de almoço fazia a daily com o time remoto.

Vou ficando por aqui espero que esse post tenha ajudado quem tem a curiosidade de entender como é os bastidores da aceleração. Claro que aqui é bem resumido.

 

Abraço!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *