Top Posts

Passei SCJP e agora?

Continue lendo

Estágio em T.I

Posted by Camilo Lopes | Posted in Carreira TI | Posted on 01-07-2008

11

Salve!Salve! Após o  recesso junino, estou de volta! E hoje vou falar um pouco sobre estágios em T.I. Alguns odeiam quando falam “estágio” outros  ja gostam e ver essa modalidade por outro ângulo. Procurei inserir nessa coluna minha experiência e discussoes que ja participei sobre o tema. Espero que gostem da coluna e que apos a leitura espero que cada um venha  saber se um estágio é importante ou nao para sua carreira profissional.
Achei essa materia importante sobre o google. E resolvi compartilhar! Percebam que o grande está cada dia mais vivo que nunca. E supresas nao vao faltar.

let’s go…

A questão é: vale apena fazer um estágio? Por que fazê-lo ou não?

São perguntas como essas  e  semelhantes que afligem muitos profissionais de T.I mesmo aqueles com experiência comprovada existe a possibilidade do mesmo fazer um estágio.

O primeiro ponto a abordar é: o estágio não é obrigatório, mas é recomendado por especialista e vários profissionais conceituados de T.I.  A minha opinião sobre estágio é que considero ele um momento de “glória” para qualquer profissional, é uma fase que você pode testar varias habilidades e descobrir aquela que você sente mais prazer em desenvolver para sua  futura carreira.

Vejo bastante nos fóruns, grupos que o estágio é visto por alguns profissionais de T.I como “trabalho escravo” mais não é levado em conta que esse aspecto é referente mais a empresa que o objetivo do estágio por lei. Tudo depende da forma que é aplicado, infelizmente boa parte das empresas (com exceções  que representa a minoria) usam o estágio como meio de diminuir custo e aumentar o lucro, já vi casos que de demiti um desenvolvedor de 4 anos e põe 1 ou 2 estagiários para o cargo sendo que em termos de custos realmente são menores para uma empresa e nesse caso “empurra” trabalho + trabalho para o estagiário se ele reclamar demiti o profissional e pronto. Já que é bem simples e fácil o  processo de demissão para a empresa onde não há custos ao contrário do processo de CLT ou PJ.

Agora também temos outro lado da moeda, onde muitos profissionais de T.I querem ficar “rico” com estágio ou quer ganhar pelo menos semelhante ou bem próximo que um gerente de projetos (dizem que o salário aqui é altíssimo hehe por isso citei). Porém não é assim que as coisas funcionam.

O estágio é o “ponta pé” inicial na carreira é ponta do iceberg e também uma das melhores fases de sua carreira (pode acreditar). O estágio vai acompanhar você mesmo quando for CLT já que o processo de avaliação em uma boa empresa é constante. Há empresas que a cada X meses testam seus profissionais avaliam o desempenho, identifica novas habilidades etc.

O estágio é um investimento, principalmente para aqueles sem experiência, não adianta investir muito (me refiro com excesso) em certificações, cursos, mas sem uma pequena experiência (free-lance, participar de projetos open-source etc). Quando não tem como comprovar a experiência você profissional de T.I fica com mais pedras no caminho, porém isso não que dizer que é impossível conseguir um trabalho, a questão é que pode levar mais tempo.

Case

Já fiz estágios quando iniciei a carreira e nas empresas que passei cada uma com uma política diferente referente a estágio, em uma, por exemplo, trabalhava apenas uma tarde e o salário era como previsto em lei e já em outra trabalhava das 08 as 22h (1h para almoço) e o salário como previsto em lei, porém a carga horária fora da lei e  mais um detalhe é uma empresa de grande porte com filial fora do Brasil. Então o “tamanho” da organização não define como será seu estágio e sim a política  adotada pela mesma. Trabalhei dessa forma porque era necessário investir, já que tinha o conhecimento técnico, porém não tinha como comprovar as horas e horas que ficava em casa estudando e fazendo “projetos caseiros” e ainda aproveitava que a empresa tinha boa participação no mercado e bastante respeitada então isso ia influenciar bastante em uma nova contratação futura. Trabalhei assim por 1 ano com o objetivo de em breve buscar uma empresa com uma melhor valorização profissional , então na época o mercado solicitava 6 meses no mínimo como experiência, então quis está um pouco acima do mínimo já que acima do exigido fica mais fácil o “poder” de negociação com o novo emprego.

Fatores que influenciam

Claro que outros fatores influenciaram, pois na época morava com meus pais então não tinha custo nem com a energia que consumia e isso é um ponto importante, pois ao sair de casa para novos “desafios” a coisa é diferente quando moramos com nossos pais. A moral da historia é que com 1 ano e três meses apareceu 3 empresas onde já tinha deixado o currículo, para um processo de contratação e daí conseguir ver o “poder”  de ter experiência + conhecimento e como isso influenciou diretamente no processo de negociação (pelo menos parei de ouvir do entrevistador dizendo: “há você não tem experiência, será uma grande oportunidade para você aqui na empresa adquirir sua primeira experiência” ouvia isso constante quando não tinha experiência)

 No estágio

Um estágio é possível desenvolver varias habilidades, uma delas é de responsabilidade, agilidade, aprendizado em áreas afins, ou seja, é o mundo de conhecimento que cabe a cada profissional saber como abraçar essa oportunidade.  Outro ponto importante é que você acaba descobrindo algumas habilidades que normalmente não encontraria lendo livros, artigos ou fazendo um curso, certificações ou pelo seu “EGO”. Daí você chega a conclusão de qual área de T.I deseja seguir, nos corredores das universidades sempre rola aquele velho papo: “que área você  quer seguir quando terminar o curso?”  O estágio ele ajuda a tomar essa decisão.  Eu mesmo já passei por essas áreas: redes, manutenção computadores, monitor de informática, suporte técnico, design gráfico, web design.

Não pense que estágio são flores, eu mesmo não encontrei nenhuma no meu caminho, somente espinhos, porém espinhos diferentes. O que compensa é no olhar para trás e ver o quanto foi importante ter passado por aquilo e quanto contribuiu para sua evolução pessoal e profissional, o aumento $$(se acontecer) é uma conseqüência  apenas.

Não quero dizer que o estágio é a melhor opção e deve adotá-lo por toda sua vida,  mas sua participação considero importante na carreira profissional.

Má prática

Muitas empresas aproveitam e fazem do estágio um trauma para os profissionais, mas isso sempre vai existir já que é uma questão de cultura organizacional. Agora há empresas com vagas para estágio com o objetivo de descobrir talentos (outro nome para o estágio) já que não há profissional qualificado como elas querem sobrando. Quando uma empresa busca do estágio formar bons profissionais, normalmente não há o processo de “exploração” aqui ela procura seguir as normas estabelecidas por lei, há casos que o estagiário que vim até fora do horário dele para trabalhar mesmo sem remuneração, mas a empresa não permite.

Oportunidades/Investimentos

Do mesmo modo que você paga R$ 2.000,00 para fazer um bom curso (Java, por exemplo) isso é equivalente a investir em um estágio. E com o estágio você adquire conhecimento + experiência + rede de contatos e no curso você adquire apenas o conhecimento (as vezes faz contato profissionais). Vale salientar que sem o conhecimento é difícil até de conseguir um estágio, mais quero alertar aqueles que acham que porque fizeram vários cursos + cursos que isso vai definir na hora de contratação emprego, nesse caso você pode passar por todas as etapas do RH mais quando chegar o momento do gerente do projeto, analisar os finalistas pode ter certeza que de cara ele vai analisando experiência (mesmo que você tenha 6 meses ele irá analisar)+ conhecimento(nessa ordem).

Tempo /Experiência

Nunca ache que tempo é tudo, há projeto com 6 meses que os profissionais envolvidos não adquiriu nem 1/3 de experiência que outro  colega que está em um projeto de 3 meses. Um projeto de 6 meses pode estar  com setores parado, atrasado, enrolado com questões comerciais e por ai vai. Agora o de 3 meses está a todo vapor com X horas de desenvolvimento na semana,  e dentro do prazo. A importância aqui é quando você for concorrer a uma vaga mesmo saindo de um estágio para outro, é fundamental dizer quanto tempo levou naquele projeto e as principais atividades que exerceu. Pode ter certeza que alguém no processo de seleção vai analisar isso, e quem sabe seja o processo definitivo.

Minha sugestão

Se você quer adquirir conhecimento mais sólidos faça estágios (participar de um projeto open source é outra modalidade de estágio), porém não vá com a idéia de querer ficar milionário com o estágio veja que você está investindo como você investe para certificação (voucher + tempo de estudo). Também é importante procurar estágio que ofereça uma remuneração dentro do mercado nacional/local.

Acredito que o processo de estágio fica mais difícil para os que possuem família (s) já que há pessoas que dependem de no mínimo uma renda X e precisa de uma melhor garantia de emprego e isso o estágio não oferece, já que hoje você está e amanhã não pode estar mais, no CLT não é diferente, porém aqui há o seguro desemprego, FGTS etc.

Outra dica quem estar estagiando seja um sugador de informações queira saber de “tudo” um pouco e sempre perguntando o por quê?.

Um abraço a todos e espero tenha gostado dos dois lados da moeda do estágio, claro que as explanações aqui são limitadas, porém busquei abordar os pontos chaves. E gostaria de finalizar a coluna com a mensagem abaixo e acho importante cada leitor faça uma reflexão busque acrescentá-la em sua carreira.

“Não existe sorte. A sorte é o encontro do preparo com a oportunidade. Portanto, se quiser ter sorte na vida, esteja preparado para as oportunidades.”
Dr. Lair Ribeiro

Related Posts with Thumbnails

Comments (11)

Parabéns pelo post…

Cara, eu quero fazer uma crítica construtiva sobre os seus posts:

– Tanto o assunto quanto o conteúdo, na minha opinião, são excelentes! Você está de parabéns sobre isso. Em compensação seu português… acho que só falta isso para ficarem perfeito. Tente fazer mais uso da vírgula, as vezes algumas sentensas suas perdem o sentido porque você não as usa. E preste atenção também na concordância verbal.

No mais, meus parabéns pelo blog. Está com ótimo nível.

olá Thiago!
Obrigado por acessar o blog e fazer uma critica construtiva! Vou dar inicio a uma revisão mais rigida nos meus textos!

flw! abraço!

Olá Thiago,

muito abrangente e esclarecedor seu post, as pessoas as vezes acham que sempre devem ganhar bem qdo estagiam e perdem a visão do investimento q estao fazendo, e consequentemente se tornar profissionais medpiocres no futuro, simplesmente pq optaram por ganhar R$100 a mais em outra empresa…

Abs
http://carreiradeti.com.br

Cursando tecno em programação em Java pelo senai Florianopolis:

Cara muito bom esse seu post gostei mesmo porque tambem penso assim estagio pra mim não e por cifras e sim por conhecimento porque so com a mão na massa vc vai ter noção do tempo que realmente leva pra fazer o bolo e como muitas vezes as receitas podem nos enganar valeu e estou consumindo seus post muitos bom fui

Camilo Parabéns pelo Blog !

Sou professora no técnico em informática, e os alunos tem uma idéia um tanto irrealista a respeito de estágio, e da carreira, em alguns momentos.

O seu blog já foi recomendado para todos eles !!!

abs

olá Cristina!

Obrigado por acessar o blog! e fico feliz em saber que o blog está sendo util!

abraços!

parabens pelo blog, eu estou cursando 1°sistema da informação eu estou na luta em encontrar um estagio!!!!!!!!!se parecer um estagio me fala!!!!!!!!!!!

Excelente post…

muito esclarecedor pra mim, que estou em um trabalho que ganho bem e sei que quando sair ganherei em media a metade…. porém ganharei conhecimento!

Até que apareceu oportunidade de estagio porém eu com 1 semestre de TI não me senti preparado pra aceitar…

agora nesse 2° semestre estou confiante!

Uma pergunta Camilo:

Assim se eu receber o seguro desemprego e arranjar um estagio eu pararei de receber o seguro ?

abraço e contine postando!

=]

Olá Thiago,

nao sou muito da area de RH mais eu acredito que vc perder o seguro se assinar sua carteira ai vc nao tem direito, como alguns estagios nao assina vc pode ganhar os dois, mas por lei nao seria legal, o seguro eh para quem ta desempregado e o estagio vc nao está.

abraco

Um estágio não pode ser equiparado a um emprego. no emprego você tem contrinbuição, e perante a lei sim, ele está desempregado, já que o estágio não atualiza a situação dele no CAGED – cadastro de empregados e desempregados do governo.

Mesmo poque o valor da sua bolsa pode até ser inferior a um salário mínimo.

Não existe nenhum vínculo jurídico entre estágio e emprego.

Write a comment