CLT, PJ OU CLT Flex?

Olá Pessoal,

Hoje vou falar de um assunto bem “difícil” para alguns profissionais, principalmente aqueles que estão iniciando na área. É o velho tipo de contratação CLT/PJ/CLT FLEX?

Vou abordar levemente o que é cada tipo de contratação e qual o profissão deve escolher, claro que a escolha sempre vai estar atrelada ao objetivo pessoal/profissional de cada um. Não vou deixar de falar qual contratação escolher com base no seu nível, veremos que há momentos que ser contrato por um tipo não compensa tanto.

Lets go…

Pois é amigos, temos essas formas de contratação no mercado sendo a última chamada de flex, ela não legal para o governo, uma vez que o valor real que o profissional recebe é diferente para o que é declarado de fato. Isso é errado? Bom, não posso dizer que é certo, pq não está na leis trabalhistas. Mas, aqui entre nos, a minha opinião é que ela vai existir enquanto o governo ficar com essas altas taxas tributarias em cima das nossas empresas BR. Experimenta abrir uma empresa, ter funcionários e ai vc vai entender o pq o flex existe. E não sou contra à pratica do flex não. Vou deixar meu comentário sobre ele mais pra frente.

CLT Full ou simples CLT

Essa aqui é a forma de contratação tradicional, que todas pessoas que deseja ser empregado de uma empresa, deve ser contratada. Para o governo não existe outra forma de contração CLT sem ser essa, qualquer outra coisa é um produto genérico.

Ela possui vantagens, que o trabalhor tem tais como:

  • décimo terceiro;

  • férias remuneradas;

  • FGTS; (só pode sacar se for demitido/comprar um imóvel/em caso de doenças graves:câncer,aids etc)

  • Seguro desemprego no caso de demissão involuntária. Teto máximo R$ 1000,00 que varia de 3- 6 meses.

As dúvidas que sempre tive por falta falta de experiência (tenho que confessar) nessa área trabalhista, era achar que CLT era sempre a melhor opção, mas será?

As perguntas que você deve fazer são:

  • Camilo, até quando vale ser CLT?

Eu digo que CLT vale, até quando seu salario é R$ 2.000,00 acima disso não vejo vantagem nenhuma (Exceto se a empresa tiver outros beneficios como plano de carreira e você se ver lá por um bom tempo).

  • Mas, por que?

Vejam as taxas de INSS(11%), IR. O cara acaba ganhando quase a metade. Fora os descontos de plano de saúde, odontológico e vale de transporte (que as empresas podem cobrar). Então se você ganha 2 mil em carteira seu salário é de 1.754,09 com as deduções do governo.

Então eu sempre digo, se você é estagiário, programador(ou outra função) JR. não tem porque pensar no PJ. Veremos mais na frente pra quem o PJ é indicado. O nível de profissional que se encaixa para o PJ. Se seu salário é o que acabei de citar acima, fique tranquilo que você está na “vantagem” sobre o PJ, para o valor citado


CLT Flex

O flex tem os mesmos benefícios do CLT, a única diferença que ele sempre vai ser baseado no valor que está em carteira e não o valor real. Ele funciona da seguinte forma: o profissional que ganhar R$ 3 mil vai receber 40% desse valor em carteira e os 60% por fora. E o melhor 60% liquido sem dedução de imposto, pq a empresa paga a você por uma folha extra que não tem nada relacionado ao seu salário(entra como benefícios).

Ser empregado dessa forma, não espere:

  • ter um FGTS em cima do seu salario bruto, e sim o que está na carteira

  • Décimo será em cima do valor em carteira;

  • Seguro desemprego com a média do salario real, mas não adianta muito já que tem o limite que não ultrapassa 1 mil reais. Então pouco importa se vc ganha 3k ou menos, o máximo que vai conseguir é 1 mil de seguro desemprego.

E é vantagem?

Bem, depende de quanto você precisa por mês, eu acredito que seja vantagem sim. Pois vc acaba ganhando mais e pagando menos imposto, agora seja inteligente pegue essa grana que vc está deixando de pagar de imposto e invista em vc mesmo. Faça um curso, compre livros (e leia), tire uma certificação, enfim veja a diferença que dá e não conte com ela para garantir a balada do mês.

Se você ainda é novo, é melhor ainda, aproveite pra ganhar dinheiro e re-aplicar em si mesmo. E não se preocupar muito com essas coisas de INSS, FGTS etc. Contribuía o que for necessário, mas fazer investimentos altos em FGTS e INSS, quando ainda é jovem não sei se é uma forma inteligente de agir pensando no futuro, como a mídia diz. (claro ela tem seus motivos)

  • Camilo, vc é louco eu tenho sim que pensar na minha aposentaria, no FGTS etc.

Claro que vc deve pensar, mas uma coisa que aprendi. Você não vai conseguir comprar a casa dos seus sonhos e ter aposentadoria que deseja, tendo o valor desse em carteira. Contribuindo com 200-300,00 reais por mês para a previdência. E outra lembre-se que a previdência do governo ela tem um teto máximo para vc receber, então mesmo que pague para querer receber 20 salários mínimos, mas se o teto é 10, vai receber 10, e os outros 10 ficam para os nossos governantes hehe :).

Eu já passei pelo CLT-Flex e toda parte “fria” que deixei de pagar, simplemente fiz investimento tais como: paguei um bom curso de inglês, comprei livros, etc. Depender do seu salario, você pode pagar até 600,00 por mês, só de imposto. Puts, dar pra fazer qtos cursos Java no ano com essa mensalidade? Pensei nisso.


Vou ficando por aqui e no próximo post, vou falar sobre o PJ.

Abracos, see ya!

5 comentários em “CLT, PJ OU CLT Flex?”

    1. camilolopes

      Com certeza, o CLT FLEX é ilegal, ele nao existe pra nossa lei, e o nome dado foi pelo mercado, há varios nomes, CLT FLEX, CLT Beneficios, e outros. Isso é uma forma de dar 1×0 na lei, pq as empresas poe por fora que ti pagou beneficios que podem ser cursos, transporte etc. Poe, como auxilio ajuda que nao eh fixo, teoricamente, se se repetir nos proximos meses pura consequencia. e nao se paga inss em cima de beneficios e sim do salario.
      Foi uma forma “legal” da fiscalizacao chegar, nao ter como atuar a empresa.
      P.S: porem, a empresa corre um risco, se o funcionario for na justica depois que ele sair e falar isso, ele ganha e recebe todo o atraso. Pois, quando vc sai, a recisao eh em cima do salario em carteira, poucas empresas pagam o valor total. Que deveria ser o correto.Bom ai vai do tipo de negociação, eu acho uma sacanagem qdo o funcionario ja sabe disso antes de entrar e qdo sai da empresa age dessa forma. O certo é definir isso na contratacao. Mas, na pratica tem muita gente se aproveitando disso, e a empresa prefere pagar q deixar ele ir para justiça, pq vai sair muitoo mais caro pra ela.
      flw.

  1. no CLT flex, existe uma empresa que fará a contrataçao, e ela cobrará 6 % do rendimento total de cada colaborador, vc já ouvi falar sobre?

    1. camilolopes

      fabiane, isso nao existe nao, essas empresas de recrutamento que fazem isso, sao as 171 que tem ai, pura mafia eu diria que nem vc nao deve aparecer na entrevista. Pois as empresas que vao ti contratar nao vai cobrar nada por isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *