Top Posts

Configurando o Jboss 7 no maven

Continue lendo

Série Spring: Hello World no Spring

Posted by camilolopes | Posted in Series, Spring | Posted on 01-04-2013

0

 

olá Pessoal,

Estarei dando inicio a mais uma série aqui no blog e dessa vez é com o Spring framework. No post de hoje veremos como dar um Hello World usando o Spring, parece algo simples e fácil né? Mas, na verdade é. Porém, para quem nunca mexeu com Spring ainda pode achar que é complicado.

O Spring

Sem entrar na teoria pq o que não falta é fonte explicando o que é e pra que serve o framework. Eu digo sempre que o Spring é cara que nos ajuda a não fazer as coisas chatas e repetivas do dia-dia, que normalmente para o cliente não tem valor algum.

 Hello World

Vamos criar um java project, mas não esqueça de ir no site do Spring e baixar a versão mais recente. Estarei usando a versão 3.x.

Development

1. Crie um  java project

2. E os seguintes packages
springhelloworldpackage

3. Agora crie uma classe chamada SpringHelloWorld que terá um método o qual irá imprimir no console a mensagem

“Hello World Spring”.

package br.com.camilolopes.classes;

public class SpringHelloWorld {

                public void showHelloWorld(){

                               System.out.println(“Hello World Spring”);

                }}

4. No package conf  crie um arquivo XML , aqui chamei de springconfiguration.xml. E adicione o código a seguir ao arquivo:

<beans xmlns=“http://www.springframework.org/schema/beans”

xmlns:xsi=“http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance”

xsi:schemaLocation=“http://www.springframework.org/schema/beans

http://www.springframework.org/schema/beans/spring-beans-3.0.xsd”>

 <bean  id=“hello” class=“br.com.camilolopes.classes.SpringHelloWorld”/>

</beans>

 

O cabeçalho temos  a configuração do Spring e a versão que estamos o usando. Mas, o essencial está na tag do bean. Ali estamos dizendo ao Spring para ele instanciar um objeto para a classe SpringHelloWorld, sendo assim  na aplicação podemos obter essa instância pelo id do bean e invocar qualquer método disponível da classe. Isso é o mesmo que fazemos

SpringHelloWorld variavelInstancia = new SpringHelloWorld();

Só que agora quem faz isso é o Spring e não nós mais. Veremos a seguir na prática o uso.

5. crie uma classe com o método main. Chamei a minha de Main.

package br.com.camilolopes.main;

import org.springframework.context.ApplicationContext;

import org.springframework.context.support.ClassPathXmlApplicationContext; 

import br.com.camilolopes.classes.SpringHelloWorld;

public class Main {

      public static void main(String[] args) {

//          essa classe é o container

ApplicationContext applicationContext = new ClassPathXmlApplicationContext(

                        “conf/springconfiguration.xml”);

            SpringHelloWorld bean = (SpringHelloWorld) applicationContext.getBean(“hello”);

            bean.showHelloWorld();      }}

 O ApplicationContext é o coração do Spring é através deles que vamos obter o que precisamos para trabalhar. Observe que informei para o ApplicationContext  onde está o arquivo de configuração do Spring que ele precisa se basear.Em seguida tem um .getBean e passei o id do bean que desejo, que é o id que declaramos no xml:

<bean  id=“hello” class=“br.com.camilolopes.classes.SpringHelloWorld”/>

 Ou seja, nesse momento o Spring já fez o new na classe por baixo dos panos, agora podemos fazer o que quiser com o objeto, nesse caso chamei  o único método existente e o resultado foi:

helloworldspringresult

 Simples assim!!. E isso é o básico do Spring.

GitHub

Acesse o repositório no github com todos os projetos da série Spring:  https://github.com/camilolopes/workspacespring

Vou ficando por aqui e espero que tenham gostado do post.

Abraços,

 

 

Related Posts with Thumbnails

Write a comment