Top Posts

Automatizando seus testes com DBUnit + MySQL

Continue lendo

Série Agile: Scrum lidando com Team remotos

Posted by camilolopes | Posted in Agile/Scrum/TDD, Series | Posted on 21-12-2012

0

Olá Pessoal,

Este é o nosso último post da série Scrum. Espero que essa sequência de post que vimos aqui por semanas tenha ajudado você a entender melhor como as coisas funcionam com Scrum, etc. Quero deixar claro que nada que escrevi aqui é fechado ou um fluxo que deve ser seguido e atingir o sucesso para gerenciamento de projeto de software. Pelo contrário, eu diria que Scrum é sinonimo de adaptação, ou seja, a forma que eu experimentei em um projeto não quer dizer que vai funcionar para outro, isso é muito dinâmico, pois há fatores que fazem isso mudar sempre e um deles são as pessoas. O que não podemos esquecer é o coração do que o framework Scrum diz, isso ai todos devemos falar igual, as definições de papéis, responsabilidade, quem faz as estimativas etc, isso é do framework. E para esse último post, separei um tema que considerei interessante: como lidar com equipe remotas? Essa foi uma das primeiras perguntas que eu fiz quando comecei a conhecer melhor o Scrum.

Lets go…

Como lidar com equipe ou membro longe geograficamente?

É de fato uma tarefa difícil (mas não é impossível), tendo como base o que se prega no Scrum, que é ter uma alta largura de banda de comunicação, algo como:

  • Habilidade de programar juntos, em pares;
  • Habilidade de participar cara-a-cara na reunião diária;
  • Habilidade de encontrar-se fisicamente para ter reuniões espontâneas com a equipe inteira.

Tudo isso de fato é importante e faz toda a diferença, não podemos negar. Mas hoje muitos projetos tem times remotos por vários motivos: custo, falta de mão de obra qualificada, tipo do negócio, etc. Então não podemos rodar Scrum em projetos assim? Quem disse que não? Podemos sim. Hoje há várias ferramentas de auxilio, como Skype, Virtual Room HP, Halo, comunicadores de mensagens instantânea etc. Mas estas ferramentas ainda não são capazes de substituir o estado de estar fisicamente (a Halo é a mais próxima de um estado físico). E qual é a melhor?

Não tem receita de bolo, não. O fato é que vamos precisar testar ==> Adaptar ==> Testar ==>Adaptar... e ir fazendo isso day-by-day até atingirmos um nível confortável para a equipe e o projeto. Particularmente já usei a virtual Room da HP, a qual achei eficiente, permitindo compartilhamento de desktop, dá permissão a outros usuários para controlar o desktop durante a sessão, chats privados, gravação da reunião, etc. A Halo é outra tecnologia HP que permite uma projeção da imagem das pessoas nos ambientes e essa seria o ideal, porém exige um investimento maior. Eu também já vi algumas equipes adotando telas grandes em cada local, mostrando o que está acontecendo nos outros locais. Seria uma espécie de telas virtuais entre as equipes que estão longe geograficamente. Com a tela podemos ver quem está nas mesas e quem está conversando com quem. E dá para fazer uma video conferência entre os teams. Enfim, há varias possibilidades de aproximar ao máximo um ambiente físico, mas nada substitui o contato presencial com os membros. E você, o que tem feito para minimizar esse impacto com time remotos?

Vou ficando por aqui, e não deixe de compartilhar sua experiência.

Abracos, see ya!!!

Related Posts with Thumbnails

Write a comment