Top Posts

Lançamento E-book “Guia do exame SCJP”

Continue lendo

Série Git na Prática: Trabalhando com branch

Posted by camilolopes | Posted in Git, Series | Posted on 17-02-2013

2

Olá Pessoal,

Mais um post da série git na prática. Hoje veremos como trabalhar com branches no git. É tão fácil quanto roubar doce de um recém nascido:  ). Claro que será tudo via linha de comando.

Lets go…

Starting…

Considerando o repositório criado no post anterior, vamos criar uma branch. Mas, pra que?

Bem, o ideal é que você não trabalhe na branch master que é criada no seu primeiro commit pelo Git, e busque usar a master  para fazer push com o seu repositório remoto e seu código em desenvolvimento, coloque em uma branch. Em outras palavras, leve apenas códigos estáveis para o master. Nada impede de você fazer tudo na master, para o git pouco importa isso, o que falei acima é apenas uma sugestão. Talvez se você tiver trabalhando sozinho não vai ver a importância de ter uma branch (mesmo assim eu acho que tem), mas se tiver em equipe verá que é uma mão na roda.

In Practice

Digitando git branch sabemos quais branches temos no nosso repositório

Para criar uma nova branch é bem simples: git branch <nome da branch> então seria

git branch development 

Assim criamos uma branch chamada development e podemos ver a seguir:

O * informa em que branch estamos. Observe que não estamos na development, mas para irmos é bem simples

git checkout development

Assim sabemos onde onde estamos

git status



Sabemos que estamos na branch e nesse caso não há nada para ser committed.

Agora vamos commit arquivos na branch apenas. Portanto criei o arquivo a seguir no repositório:

E vou dizer ao git que esse arquivo vai para branch. Considerando que estou na branch de development, basta:

git add <nome file>

E agora realizar o commit

git commit –m ‘adicionando arquivo na branch’

Verificando alteração na branch

Para verificar se o arquivo realmente foi para branch, vamos ver o log da branch

git log

Observe as alterações feitas na branch. Para conferir que a master não sabe disso, vamos ver o log da master:

git checkout master

git log

Veja que a master nem sabe o que aconteceu na branch.

Simples, não? No próximo post veremos como fazer o merge, ou seja, o que está na branch ir para master.

See ya!!! 

Related Posts with Thumbnails

Comments (2)

É bom certificar que vc tem a versão mais atual da branch(que está no repositório remoto) que vc usará para criar a nova branch. Ao menos isso tem evitado alguns conflitos.

Abç e espero ler em breve seu livro sobre TDD.

@Norberto
Completando o meu comentário anterior, um atalho para criar um nova branch e trocar de para essa nova branch ao mesmo tempo é: git checkout -b nomeDaNovaBranch

Write a comment